BRASIL

19/12/2017 as 15:41

Assembleia geral de credores da Oi foi aberta nesta terça-feira (19)

Com dívida de R$ 64 bilhões, a Oi tem o maior caso da história do Brasil, que se arrasta há um ano e meio

DIVULGAÇÃO<?php echo $paginatitulo ?>

 

A assembleia geral de credores da Oi foi aberta nesta terça-feira (19) no Riocentro, na Barra da Tijuca, com o quórum necessário para discutir e tentar votar o plano de recuperação da companhia. O espaço já está reservado para esta quarta-feira (20), caso seja necessário estender a votação por mais de 24 horas.

Pela manhã, a Justiça do Rio rejeitou os pedidos do fundo Société Mondiale, do empresário Nelson Tanure, um dos principais acionistas da Oi, para que a assembleia fosse adiada, reforçando a expectativa de que possa ser encontrada uma saída para o imbróglio que já dura 1 ano e meio, e evitar o risco de decretação de falência ou intervenção federal.

A Oi listou dívidas de mais de R$ 64 bilhões e 55 mil credores, que incluem detentores de títulos de longo prazo da empresa (os chamados bondholders), além de representantes de órgãos e instâncias do governo federal como Agência Nacional de Telecomunicações, Banco do Brasil, Caixa e BNDES.




Tópicos Recentes