CIÊNCIA E TECNOLOGIA

21/12/2017 as 17:15

Pesquisador descobre cerca de 1,5 mil novos objetos no espaço durante os últimos 15 anos.

Robôs russos fazem descobertas espaciais que podem revolucionar o mundo

DIVULGAÇÃO<?php echo $paginatitulo ?>

 

O astrofísico da Universidade Estatal Lomonosov de Moscou Vladimir Lipunov elaborou, junto com os seus colegas, uma rede única de telescópios MASTER que permitiu descobrir cerca de 1,5 mil novos objetos no espaço durante os últimos 15 anos.

Mas um dos maiores sucessos para o cientista é que o telescópio instalado na Argentina foi capaz de registrar uma colisão entre estrelas de nêutrons em agosto do ano passado.

Assim, graças a esta rede, os pesquisadores conseguiram detectar estrelas variáveis, asteroides, cometas, supernovas, etc.Era uma colisão de duas estrelas de nêutrons que provocaram ondas gravitacionais. Antes, os pesquisadores estavam convencidos que só os buracos negros eram capazes de ter tais efeitos.

Foi a quinta vez que as ondas gravitacionais foram vistas a partir da Terra, os pesquisadores que permitiram esta detecção receberam o Prêmio Nobel da Física em 2017.




Tópicos Recentes