ESTILOS E TENDENCIAS

15/01/2018 as 10:15

Exercícios: 6 estratégias cientificamente provadas para estar motivado

Falta de vontade para sair do sofá e desânimo pelos resultados tardarem a aparecer? A ciência dá um empurrãozinho para se sentir mais motivado

Foto: (© DR)<?php echo $paginatitulo ?>

Ora faz frio, ora é cedo, ora está cansado, ora se fartou de esperar pelos resultados. Não é preciso muito para que a motivação comece a cair totalmente… mas também não é preciso muito para que regresse em força. Contudo, é preciso dar ouvidos à ciência.

 

De todas as estratégias possíveis e imaginárias, contam-se pelos dedos das mãos aquelas que são verdadeiramente eficazes na hora de manter a motivação no máximo dos máximos.

O site da NBC News foi à procura das melhores e listou aquelas que são as seis estratégias cientificamente provadas para se manter motivado com a prática de exercício físico.

1 – Quebrar todas as regras de rigidez e rapidez. Já a sabedoria popular diz que depressa e bem há poucos quem, por isso, nada de querer tudo para ‘ontem’. Diz a ciência que a melhor forma de manter a motivação e de conseguir alcançar os objetivos traçados é com a paciência e com a aposta em treinos de intensidade gradual.

2 – Competitividade… Arranjar um parceiro de treino e métodos de desafio mútuos é uma das estratégias de motivação que a ciência já mostrou ser eficaz, sendo que a competitividade entre ambos deve ser saudável.

3 – Ter um parceiro de treino. Se é bom ter um parceiro para desafios, é também bom ter um parceiro que estimule, que dê confiança e que faça a pessoa sentir-se numa comunidade de treino amigável.

4 – Não treinar pela aparência. Quando uma pessoa se foca num objetivo que tem a ver com a aparência (braços mais fortes, ombros mais largos, bumbum mais tonificado etc), é grande a probabilidade de se fartar da repetição constante dos treinos, desmotivando-se num abrir e fechar de olhos não só pelos resultados tardarem a chegar, mas também pelo fato de o treino ser monótono.

5 – Inspirar-se (e inspirar) nas redes sociais.  Compartilhar os resultados dos treinos, interagir com outros atletas e participar em grupos digitais sobre exercício ajuda a manter a motivação, diz um estudo da Universidade de Pensilvânia (nos Estados Unidos) sobre a competitividade e apoio digital.

6 – Aderir aos aplicativos. Os compromissos estabelecidos nos apps de treinos são meio caminho andado para a pessoa manter-se focada e motivada para atingir o objetivo a que se propôs. Além disso, algumas apps de treino funcionam em comunidade e estabelecem recompensas pelos objetivos alcançados.

 

 

 

 

Fonte: Notícias ao Minuto, com informações da NBC News.




Tópicos Recentes