MUNDO

07/01/2018 as 23:36

Papa defende amamentação em público: 'Linguagem de amor'

"Se eles começam com um concerto (de choros), ou se estão incomodados, ou com calor, ou não se sentem bem, ou têm fome... Amamentem-os, não tenham medo, alimentem-os porque isso também é linguagem de amor"

<?php echo $paginatitulo ?>

Papa Francisco defendeu, mais uma vez, a amamentação em público neste domingo (7). O pontífice nascido na Argentina avisou às mães das 34 crianças batizadas em cerimônia na Capela Sistina que ficassem à vontade para dar de mamar aos filhos que tivessem fome.

 

"Se eles começam com um concerto (de choros), ou se estão incomodados, ou com calor, ou não se sentem bem, ou têm fome... Amamentem-os, não tenham medo, alimentem-os porque isso também é linguagem de amor", avisou Francisco, segundo publicou a AFP.

Não é a primeira vez que o papa defende a amamentação em batismos e missas - uma resposta à onda de pessoas contrárias ao ato público de amamentar, em todo o mundo. A cerimônia teve duração de duas horas.




Tópicos Recentes