Sexta, 20 de outubro de 2017
11/10/2017 às 13:04:45
Governo diz que servidores não devem se preocupar com a extinção da FHS

Um grupo de servidores da Fundação Hospitalar de Saúde paralisaram as atividades na ultima terça-feira, 10, em forma de protesto a uma possível extinção da Fundação Hospitalar de Saúde. A próxima audiência para tratar do assunto está marcada para o dia 24 de novembro na Justiça Federal.

A Secretaria de Estado da Saúde, por meio da sua assessoria, informou aos servidores da Funadação Hospitalar de Saúde, que os trabalhadores têm o direito de se manifestar, mas reforçou que o assunto vem sendo tratado com a Justiça.

Segundo o governo, não há, razão para preocupação, e comunica à sociedade, especialmente aos servidores da Fundação Hospitalar de Saúde e a seus representantes sindicais, que não haverá demissão de servidores caso a Fundação venha a ser extinta em decorrência de Processo Judicial em tramitação na Justiça Federal, requerido pelo Ministério Público Federal.

O governo ressalta que a decisão de não demissão já foi comunicada aos servidores e a seus dirigentes sindicais, por diversas vezes, pela própria secretaria de Estado da Saúde, e também aos senhores deputados estaduais, quando o secretário de Saúde esteve na Assembleia Legislativa. "Não há, portanto,  razão para preocupação desses servidores e dos dirigentes sindicais, inclusive por entender a importância de cada um no atendimento ao público no sistema de saúde estadual".