POLÍTICA

23/12/2017 as 11:09

André Moura é a “bola da vez” e Sergipe tem que aproveitar sua liderança em BSB!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

Nas últimas décadas, quando se falava em prestígio político de Sergipe no cenário nacional os nomes que sempre vinham na mente eram de Albano Franco, João Alves Filho, Valadares e Marcelo Déda (in memoriam). O governador Jackson Barreto (PMDB) sempre foi muito bem relacionado em Brasília (DF), mas até no governo de seu amigo e correligionário, Michel Temer (PMDB), esperava-se algo mais. Hoje a “bola da vez” é o deputado federal André Moura (PSC), líder do governo no Congresso Nacional.

 

Há quem não goste, quem seja indiferente, quem rejeite e desconheça essa liderança de André Moura, mas não há como negar sua capacidade de articulação política, aproximando os “distantes” Ministérios da realidade e necessidades sergipanas, abrindo portas e viabilizando recursos para prefeitos, vereadores e deputados. André Moura é hoje o “elo de ligação” entre antigos desafetos, como o governador Jackson Barreto e o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), e a presidência da República.

 

Nem como compadre do ex-presidente Lula, o então governador Marcelo Deda teve tanta desenvoltura como André Moura tem hoje no governo federal. São milhões e milhões que chegam a Sergipe para investimentos na Saúde, na Educação, Segurança Pública, Esporte, Turismo, além de equipamentos agrícolas e recursos para a infraestrutura. O deputado federal também mantém uma relação muito próxima de diversos sindicatos e entidades de representação dos trabalhadores, dando celeridade às proposituras que tramitam no Congresso Nacional.

 

Não se nega também que alguns setores do Ministério Público Estadual e Federal, da Justiça Eleitoral e até do Poder Judiciário sergipano não aprovam o político André Moura, e acabam influenciando alguns setores da imprensa contra o líder do Congresso Nacional, mas este colunista entende que é preciso ao menos reconhecer as conquistas que ele vem viabilizando para o Estado, com destaque para os recursos para obras e ampliação do Hospital Universitário e do Hospital Cirurgia, além de um acelerador linear, para o tratamento de pacientes que lutam contra o câncer.

 

Em síntese, este colunista não “passa a mão” sobre a cabeça de André Moura. Ele é adulto, é responsável por seus atos e já vem respondendo por todos eles há algum tempo, mas do ponto de vista político, ele é hoje uma referência no Congresso Nacional e tem dado uma relevante contribuição para que grandes projetos, antes “empacados”, hoje comecem a “sair do papel”. 2017 foi um ano difícil para todos os sergipanos, mas muitas dificuldades foram minimizadas graças a sua atuação parlamentar em Brasília. Sergipe tem que saber aproveitar, ainda mais, esta oportunidade, esta liderança de André...

 

Aracaju

O prefeito Edvaldo Nogueira, o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, e o líder do governo no Congresso Nacional, deputado federal André Moura, assinaram nesse sábado (23), o contrato de empréstimo de R$ 50 milhões para a realização de obras em Aracaju. A solenidade ocorreu no auditório do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos.

 

Recursos

Os recursos são oriundos do programa de financiamento de contrapartidas de obras, o CPAC, que somados a mais de R$ 200 milhões, já assegurados por Edvaldo, permitirão a retomada de 21 obras na capital sergipana. A liberação dos recursos é resultado do esforço da atual administração, que desde o início do ano tem trabalhado para retomar recursos que a gestão passada não utilizou e para buscar novas fontes de financiamento.

 

Apoio de André

Edvaldo se reuniu com ministros, com o apoio do deputado federal André Moura, e também esteve, diversas vezes, com a direção da Caixa, para pleitear a liberação dos recursos, o que será concretizado neste sábado com a assinatura do convênio. 

 

Veja essa!

Depois de muitas especulações, César Prado assinou sua filiação ao PRP e será pré-candidato a deputado estadual em 2018, numa dobradinha em Tobias Barreto com Gustinho Ribeiro (PRP), pré-candidato a deputado federal.

 

E essa!

“A chegada de César Prado fortalece ainda mais o nosso projeto político e engrandece o PRP que passa a contar com mais uma grande liderança política do Centro-Sul sergipano. Vamos ainda mais preparados para enfrentar os desafios que virão em 2018”, destaca Gustinho Ribeiro.

 

Gustinho Ribeiro

Falando no parlamentar, ele prestigiou essa semana a entrega dos cartões dos beneficiários do Programa Mão Amiga, do Governo do Estado, em Salgado, ao lado do prefeito Duílio Siqueira, e em Lagarto, com o secretário de Estado do Desenvolvimento Social, Zezinho Sobral,.

 

Mão Amiga

"O governador Jackson Barreto tem feito muito pelas pessoas que vivem da agricultura. O Mão Amiga é um bom exemplo disso, em que os trabalhadores podem contar com uma renda extra na entressafra", afirmou Gustinho. 

 

Meia passagem

Criou-se uma grande polêmica em torno do Projeto de Lei aprovado pela Câmara Municipal de Aracaju que prevê a meia passagem para os passageiros do transporte coletivo em Aracaju e região metropolitana aos domingos, estabelece um novo benefício tarifário ao usuário desse modal.

 

Setransp I

O sindicato explica que, pelo teor da Lei Federal 9.074/95 e da Lei Orgânica Municipal de Aracaju, a fixação de qualquer tipo de gratuidade no transporte coletivo urbano só pode ser feita mediante lei que contenha a fonte de recursos para custeá-la. 

 

Setransp II

O sindicato alerta que, estimando pelo número de passageiros aos domingos, o transporte perderia pelo mínimo R$ 600 mil da sua arrecadação mensal, e, sem a fonte de custeio estabelecida para o desconto na passagem, a conta sobraria para o próprio passageiro na tarifa de ônibus.

 

Aumento da passagem

Em síntese, o Setransp já está se antecipando um novo reajuste da tarifa do transporte coletivo que será aplicada a partir da concessão da meia passagem aos domingos. Já há uma previsão de 3,5% para cobrir as perdas. “O Setransp não é contra a gratuidade, porém alerta sobre o prejuízo que pode ser causado ao usuário de ônibus, e por isso reforça o que a legislação obriga: toda gratuidade estabelecida deve ter uma fonte de custeio definida”.

 

RenovaBR

Filiados à REDE Sustentabilidade, o delegado Alessandro Vieira, pré-candidato a Deputado Estadual, e o Coronel Rocha, pré-candidato a Deputado Federal, foram aprovados e participarão do processo de capacitação do RenovaBR, uma iniciativa nacional para selecionar e impulsionar pessoas com a capacidade e a coragem de fazer acontecer as mudanças que o Brasil precisa.

 

Reconhecimento

Os dois foram selecionados e estão entre os 100 pré-candidatos que receberão treinamento e incentivo para participar da próxima eleição. Ao todo foram mais de quatro mil currículos analisados do Brasil inteiro.

 

Explicação

O deputado federal Jony Marcos explica que como acontece nas demais instituições religiosas, na Igreja Universal, os pastores que ingressam a carreira política são licenciados do quadro pastoral. Embora, o  ex-prefeito Heleno Silva e ele (ambos PRB) tenham pastorado igrejas da Universal ao longo de muitos anos, contribuindo para com o papel social e evangelístico da instituição, e ainda tenham sido, e são, apoiados pela Igreja como agentes políticos, os dois estão afastados do quadro pastoral em exercício enquanto estiverem envolvidos de alguma forma com a política. 

 

Jony Marcos

De acordo com o deputado Jony Marcos, o processo de licenciamento dele e de Heleno se deu com naturalidade e é comum de acontecer com todos os pastores da Universal que se tornam políticos. "Fomos licenciados de forma sadia e simples, como teria que ser com qualquer um. Não entendo porque estão querendo render essa questão de uma forma contrária. Continuamos sendo pastores, porque fomos ungidos para isso, mas não atuamos mais nas igrejas justamente por termos agora outras missões, através da política", esclareceu Jony, garantindo continuar cristão e membro da Universal.

 

Maria Mendonça I

A deputada estadual Maria Mendonça (PP) apresentou um balanço das atividades legislativas desenvolvidas neste ano, destacando proposituras de sua autoria que, segundo ela, contemplam áreas que vêm sendo deixadas de lado pela gestão do governador Jackson Barreto, ao longo dos últimos anos. Dentre os segmentos negligenciados pela administração estadual, ela citou as estradas, cuja precariedade tem gerado inúmeros prejuízos e ceifado vidas; e a segurança pública que, de igual modo, tem provocado danos irreversíveis para a população de todo o Estado.

 

Maria Mendonça II

 “Na prática, os nossos cidadãos têm uma carência de políticas públicas efetivas. Os sergipanos estão abandonados por este Governo”, enfatizou a parlamentar em entrevista à Rádio Capital do Agreste, destacando as suas iniciativas que visam minorar os problemas enfrentados pelas comunidades, em especial, as mais carentes e esquecidas pelo poder público.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com




Tópicos Recentes