POLÍTICA

25/12/2017 as 18:40

Ministro do STF quer caso de Lula resolvido 'o mais cedo possível'

'Em nome da segurança jurídica e da estabilidade do jogo democrático', salienta Luís Barroso

<?php echo $paginatitulo ?>

 

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), quer resolvido com a maior celeridade possível o caso do ex-presidente Lula, cuja intenção de se candidatar à Presidência da República em 2018 pode naufragar - ou não - diante do julgamento do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), marcado para 24 de janeiro.

"Eu não sou comentarista político, portanto, não cabe a mim analisar as implicações da candidatura de A ou de B. Mas, se há uma indefinição jurídica, eu acho que quanto mais célere puder ser o esclarecimento dessa situação, melhor. Portanto, acho que, em nome da segurança jurídica e da estabilidade do jogo democrático, é melhor que se defina o mais cedo possível quais vão ser as regras, quem vai poder ser candidato. Eu não acho que isso seja problema, nem indício de perseguição, acho que é um momento de prudência", afirmou o magistrado em entrevista à BBC Brasil.

Mesmo condenado, Lula teria possibilidade de se candidatar diante de eventuais decisões do STF e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 




Tópicos Recentes