POLÍTICA

05/01/2018 as 17:59

Sócio do filho de Lula recorre ao STF contra Sergio Moro

Defesa do empresário Fernando Bittar afirma que o juiz dificulta acesso a informações de processo

Foto:(DR)<?php echo $paginatitulo ?>

Advogados do empresário Fernando Bittar, acusado de ser laranja do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do sítio de Atibaia (SP), recorrem ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o juiz federal Sérgio Moro.

De acordo com a coluna Expresso, do site da revista Época, Bittar é também sócio de um dos filhos do ex-presidente. A defesa do empresário alega que o magistrado tem negado acesso ao conteúdo de interceptações telefônicas realizadas na investigação do caso, o que prejudica o pleno exercício do direito. Um ofício com a alegação foi enviada pela assessoria do STF ao juiz para que ele preste informações à Corte em até 10 dias. Com informações de Notícias ao Minuto.






Tópicos Recentes