SAÚDE

10/12/2017 as 21:00

Pesquisadores "treinam" células de defesa para combater o câncer

Estudos mostram boas taxas de remissão, mas fortes efeitos colaterais. É mais um capitulo na batalha contra o câncer

DIVULGAÇÃO<?php echo $paginatitulo ?>

Estudos publicados neste domingo (10) no periódico "The New England Journal of Medicine" mostram novos resultados para o tratamento de câncer com a ajuda de uma terapia genética, a CAR T-Cell. Os efeitos colaterais relatados, no entanto, ainda atingem parte dos pacientes.

A terapia CAR T-Cell consiste em habilitar linfócitos T, células de defesa do corpo. Elas são injetadas depois que são modificadas para rastrear e matar as células tumorais. O ataque é contínuo e específico e, na maioria das vezes, basta uma única dose.

A outra pesquisa divulgada neste domingo é uma atualização de dados levantados anteriormente. O linfoma difuso de grandes células B apresentou 43% de remissão completa




Tópicos Recentes