POLÍTICA

12/01/2018 as 12:40

Sergipe bem perto do “tricampeonato” como Estado mais violento do Brasil!

Quorum

Política
Por Habacuque Villacorte
<?php echo $paginatitulo ?>

Não é de agora que este colunista vem cobrando uma atitude dos poderes constituídos do Estado para que Sergipe deixe de figurar entre as unidades da Federação mais violentas do Brasil. Infelizmente, por dois anos consecutivos (2015 e 2016) nós chegamos ao topo deste ranking negativo de acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, sendo que a próxima edição será divulgada ao longo do ano vigente. No exercício de 2016, Sergipe despontou com 64 mortes violentas para cada 100 mil habitantes.

 

Olhando apenas as médias anteriores, o “troféu do crime” tem tudo para continuar “nas mãos” da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe, o nosso Estado estaria bem perto de conquistar este “tricampeonato”. E não se trata da crítica pela crítica, mas os números lamentavelmente não mentem. Segundo dados da própria SSP, que chegou a comemorar a redução de 14% do número de homicídios dolosos, Sergipe teve em 2017 1.123 homicídios, contra 1.306 de 2016 e 1.196 registros de 2015.

 

Verificando “friamente” os números, nos três últimos anos, foram registrados aqui no Estado uma média de 99 homicídios/mês, 108 homicídios/mês e 93 homicídios/mês, respectivamente, de 2015 a 2017. Em todos os casos foi registrada uma média um pouco superior a três homicídios, por dia, em Sergipe. Em síntese, se nenhuma outra unidade da Federação “despontou” no quesito “violência” no ano passado, infelizmente, Sergipe tem tudo para seguir com o título negativo de mais violento do País.

 

Esta estatística é ruim do ponto de vista da Segurança Pública, mas ela tem reflexos diretos em outros segmentos, em especial, no Turismo. Muita gente que poderia vir conhecer ou retornar ao nosso Estado vai pensar duas vezes antes de escolher seu destino de férias. Tanta violência também assusta os investidores, os empresários que estudam empreender por aqui, gerando mais emprego e renda, algo que gera muita expectativa em tempos de crise.

 

Este colunista não traz estes dados com alegria ou satisfação, mas com muita preocupação. Espera despertar os setores responsáveis pela nossa Segurança Pública com mais este alerta. Homens da Força Nacional estão por aqui e o quadro precisa ser ampliado; o governo precisa correr para realizar logo o concurso público já anunciado; a legislação precisa ser urgentemente repensada por nossos congressistas; mas, de imediato, só a união de forças, entre as instituições que integram a SSP, e o respaldo dos poderes constituídos poderá conter o avanço do crime em Sergipe. Se a confirmação do “tri” é uma questão de tempo, o “tetra” não seria nada de outro mundo em 2018...

 

Veja essa!

Falando em violência, taxistas e motoristas de aplicativos estão sendo vítimas de uma quadrilha que anda agindo, a qualquer hora do dia, em Sergipe, sobretudo em Aracaju. A SSP já deve ficar atenta a isso para identificar e prender os bandidos.

 

E essa!

Quase que diariamente, ou um taxista ou um motorista de aplicativo está sendo assaltado na Grande Aracaju. O crime vai se especializando cada vez mais e precisa ser contido emergencialmente.

 

Exclusiva!

A 1ª Promotoria de Justiça do Cidadão Especializada na Defesa do Patrimônio Público do MPE está apurando suposto ato de improbidade administrativa praticado pelo deputado federal Adelson Barreto, ao estampar seu nome em ambulâncias adquiridas com recursos públicos, e destinadas à prestação do serviço à população.

 

Terá que explicar

Segundo o que a coluna apurou, o deputado Adelson Barreto está sendo notificado para, em 10 dias, responder à denúncia, e o DETRAN será oficiado a esclarecer a propriedade da ambulância que é objeto do caso.

 

Bomba!

Também no MPE corre em sigilo uma investigação para apurar supostas irregularidades na contratação de empresa para ministrar curso para condutores de ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), pela Fundação Hospitalar de Saúde e Secretaria de Saúde do Estado de Sergipe.

 

Investigação

A denúncia foi protocolada pelo Ministério Público Federal e está sendo acompanhada pela Promotoria dos Direitos do Cidadão de Aracaju Especializada na Defesa dos Direitos à Saúde.

 

Valadares I

O senador Valadares (PSB), que está de licença médica para tratamento de Saúde, emitiu uma nota diante das especulações de setores da imprensa dando conta que ele não estaria cumprindo um acordo firmado em 2016. Alega-se que em troca do apoio à candidatura de Valadares Filho (PSB) para prefeito de Aracaju, o senador da República não disputaria a reeleição este ano.

 

Valadares II

O líder do PSB explicou que “nunca houve da minha parte, qualquer acordo nesse sentido. O que houve foi uma declaração espontânea, numa postagem do meu Twitter, em 12 de março de 2016, em retribuição ao gesto que considerei muito corajoso do deputado Fábio Mitidieri de ter encabeçado um movimento de apoio à candidatura de Valadares Filho, mesmo antes de uma decisão do governo e de seus aliados”.

 

Valadares III

“A minha declaração foi postada em data muito anterior à aliança feita com o PSC & Cia. Foi uma atitude voluntária, que nunca fora fruto de acordo, que tomei levando em conta também que o deputado Mitidieri havia manifestado interesse em se candidatar ao Senado em 2018. Eu não lhe criaria embaraços caso esse fosse o seu desejo”, completou o senador.

 

Não prosperou

Ainda segundo Valadares, como o entendimento com o PSD e com Mitidieri não prosperou, ele ficou desobrigado de desistir da reeleição. “O entendimento com o PSC, do Senador Eduardo Amorim e do deputado André Moura, com vistas ao apoio destes a Valadares Filho, somente foi iniciado em meados de julho de 2016”.

 

Jogo político

Valadares pontuou ainda que sua postagem nas redes sociais, no passado, foi feita em outra época e em outra conjuntura, e em atenção exclusivamente ao gesto de Mitidieri. “Está sendo divulgada hoje como um compromisso que eu quebrei com uma aliança que aconteceu muito tempo depois, e com a qual nenhum acordo celebrei em separado prometendo não concorrer a uma disputa para o Senado”.

 

Projeto maior

Além de praticamente confirmar que será candidato a senador em 2018, Valadares conclama a oposição para que todos unifiquem o discurso. “O projeto maior é Sergipe. A nossa luta só tem futuro se marcharmos unidos, com o pensamento voltado unicamente para a melhoria das condições de vida do nosso povo”. 

 

Concurso Alese

A Fundação Carlos Chagas divulgou nessa sexta-feira (12), o edital do primeiro concurso público da história da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), na gestão do presidente, deputado Luciano Bispo (PMDB). São 96 vagas para níveis médio e superior, salários de até R$ 3.164,48 mais benefícios como auxílio-alimentação e auxílio-saúde; inscrições entre 18 de janeiro e 27 de fevereiro de 2018; taxa de inscrição R$ 85 para nível médio e R$ 105 para nível superior e provas marcadas para o dia 22 de abril de 2018.

 

Luciano Bispo I

O deputado Luciano Bispo acompanhou o governador Jackson Barreto e o secretário de Estado da Saúde, José Almeida Lima, na visita às instalações do novo Centro Administrativo da Saúde Senador Gilvan Rocha, em Aracaju. Luciano parabenizou o secretário da saúde pela coragem em investir numa estrutura grandiosa, visando além da economia ao concentrar as unidades da Saúde no novo Centro, possibilitará a melhoria do atendimento à população sergipana.

 

Luciano Bispo II

“Primeiro a gente tem que parabenizar o secretário pela sua coragem, o preço pago pelo alguel do prédio é louvável e também quero parabenizar o presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, o Dr. Cezário Siqueira, pois na sua lucidez, ao denunciarem que a Secretaria de Saúde vai pagar um valor alto pelo prédio, mandou uma equipe in loco fiscalizar e aprovou o aluguel”, enfatiza o presidente da Alese.

 

Augusto Franco

Em visita ao Sistema Atalaia de Comunicação, o conselheiro Ulices Andrade, presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), comunicou ao empresário Walter Franco que o edifício-sede do TCE/SE levará o nome do seu pai, o ex-governador de Sergipe e fundador do Sistema Atalaia de Comunicação, Augusto do Prado Franco, falecido em 2003.

 

Ulices Andrade

“O doutor Augusto Franco é uma unanimidade no campo empresarial, político e administrativo em Sergipe e um homem extremamente respeitado; apresentamos a sugestão aos conselheiros e, como concordaram, faremos esta justa homenagem", disse o presidente do TCE.

 

Decisão

O edifício onde é instalado o Tribunal era denominado Palácio Governador “Albano Franco” até abril de 2017, quando o juiz Marcos de Oliveira Pinto, da 12ª Vara Cível de Aracaju, proferiu decisão determinando a modificação de nomes de pessoas vivas em prédios e demais logradouros públicos, interna e externamente.

 

Imprensa importante

Ainda na ocasião, Ulices enfatizou a importância da imprensa sergipana como aliada da Corte de Contas, seja "na divulgação das ações fiscalizatórias ou no estímulo ao controle social". "A rede Atalaia tem o reconhecimento dos sergipanos pelo trabalho que sempre desenvolveu, valorizando as instituições e nossa história; é fundamental que possamos manter essa ligação", comentou o conselheiro, afirmando que pretende visitar outros meios de comunicação.

 

Gol de placa

A iniciativa de Ulices Andrade como um de seus primeiros atos na presidência do Tribunal de Contas faz justiça a um dos maiores homens públicos da história de Sergipe e, para muitos, o maior governador que o Estado já teve. Ao seu estilo, Ulices vai mudando a imagem “raivosa” construída no TCE nos últimos anos.

 

Capela I

Mesmo com o processo em segredo de Justiça, foi ventilada ontem a informação que a juíza federal Adriana Franco Melo Machado, da 9ª Vara da Justiça Federal, teria acatado, em caráter liminar, a ação de improbidade administrativa, com pedido de indisponibilidade de bens, do ex-prefeito de Capela, Ezequiel Leite; e das ex-auxiliares Sônia Penalva e Heisa Mariane Santos.

 

Capela II

A ação foi interposta pela prefeita Silvany Sukita (PODEMOS). Por sua vez, a assessoria jurídica dos três, através do advogado Fabiano Feitosa, explica que todos os recursos serão apresentados, que o ex-prefeito não foi notificado da decisão e sequer tinha conhecimento da sua tramitação.

 

Fabiano Feitosa

“A indisponibilidade dos bens deles, da ordem de R$ 351,8 mil, é apenas uma garantia judicial em caso de uma condenação futura. Os recursos foram devidamente repassados pelo Ministério da Saúde, para a construção de três Unidades Básicas de Saúde (UBS), mas não houve tempo hábil na gestão para que as obras fossem realizadas. Os recursos ficaram preservados nos cofres da administração municipal”.

 

Sem impedimentos

Fabiano Feitosa garantiu que os recursos serão protocolados e que a defesa vai provar que os recursos foram preservados nos cofres da prefeitura, que não há a necessidade da indisponibilidade dos bens. “É importante registrar que esta decisão é apenas em caráter liminar e que não existem impedimentos por causa disso, em especial, do ponto de vista eleitoral. Ezequiel está com os direitos políticos preservados e, se tiver interesse, está apto a concorrer a qualquer mandato eletivo”.

 

André Moura I

De iniciativa do líder André Moura (PSC), o projeto está pronto para ser votado na Comissão de Educação do Senado Federal. Ele amplia de três para cinco anos o prazo de impedimento das torcidas organizadas cujos membros promovam tumulto, pratiquem atos de violência ou invadam local restrito a competidores, árbitros, fiscais, dirigentes, organizadores ou jornalistas. A mudança conta com o apoio do relator da matéria, senador Romário (Pode-RJ).

 

André Moura II

Desde 2010, o Estatuto do Torcedor já pune torcidas organizadas que promover tumulto em evento esportivo, praticar ou incitar a violência, ou invadir local restrito aos desportistas ou jornalistas. Pelo projeto de André Moura, serão punidos também os casos de invasão de treinos, confrontos entre torcedores e atos de agressão cometidos contra atletas e outros profissionais do esporte em seus períodos de folga. Romário apresentou parecer favorável à proposta.

 

Romário

Na justificativa, o senador carioca afirma que tem convicção de que o Estatuto de Defesa do Torcedor, ao referir-se aos atos de violência praticados “em evento esportivo”, tem a intenção de disciplinar todos os outros eventos a eles relacionados. No entanto, para ele, a alteração proposta pelo PLC de André Moura é necessária para evitar dubiedade na interpretação da norma. “Sabemos que as maiores confusões motivadas por jogos esportivos, hoje, ocorrem nas ruas, devido ao aumento da segurança dentro dos estádios”, explica.

 

REDE I

A Rede Sergipe emitiu uma nota para manifestar total repúdio a postura da direção da Fundação Aperipê, que, segundo a legenda, “em clara intervenção política do grupo ligado ao atual governador Jackson Barreto, de modo unilateral, retira da programação da rádio Aperipê o programa ‘Fala pra mim’, apresentado nas manhãs de sábado por Dr. Emerson, sem que a produção do programa tivesse, ao menos, a oportunidade de comunicar aos ouvintes essa decisão da Rádio Aperipê”.

 

REDE II

“Destaca-se que esse é um programa que estava na programação da Rádio há mais de oito anos e trazia importantes pautas ligadas à saúde e cidadania. Está claro que essa decisão deve-se ao incômodo que o grupo político ligado ao atual governador com Dr. Emerson, pré-candidato ao governo. Essa decisão só mostra como os políticos tradicionais estão acostumados a lidar com a coisa pública: como se fossem donos dela. A rádio é pública, mas o governador age arbitrariamente definindo a programação ao seu bel prazer”, completa a nota. Com a palavra a Fundação Aperipê...

 

Senador Elber Batalha

O senador Elber Batalha (PSB) está pedindo apoio dos senadores à PEC da Defensoria Pública (PEC 31/2017), que concede novos poderes ao Defensor Público-Geral, inclusive para propor Ação Direta de Inconstitucionalidade. A matéria, de autoria do senador Antônio Carlos Valadares, amplia os poderes dos defensores públicos na assistência jurídica aos mais pobres.

 

Márcio Macedo

O vice-presidente nacional do PT, Márcio Macêdo, que se lançou como pré-candidato a deputado federal, está em Salvador participando de atos em apoio a Lula. Márcio Macêdo participou da caminhada ‘Bonfim pela Democracia’, ocorrida durante a celebração da festa do Bonfim. Segundo o pré-candidato a deputado federal, foram mais de 10 mil ativistas e sindicalistas em cortejo, unidos em apoio a Lula e para que seja feita justiça.

 

Bonfim

Márcio também comentou sobre a emocionante tradição religiosa que reúne pessoas de vários estados na capital baiana. “Centenas de devotos de várias crenças religiosas se uniram em nome da fé e da esperança. Nosso objetivo foi levar para as ruas de Salvador um pedido de bênçãos ao povo brasileiro”.

 

Augusto Bezerra I

O Governo do Estado de Sergipe sancionou uma lei de autoria do deputado estadual Augusto Bezerra (PHS) que garante a proteção, a identificação e o controle populacional de cães e gatos no estado de Sergipe. “Apresentamos este Projeto de Lei, na Assembleia Legislativa, pensando não apenas na garantia do bem-estar dos animais, mas também visando à prevenção de zoonoses. É uma preocupação do nosso mandato", disse o deputado.   

 

Augusto Bezerra II

Augusto lembra que o Projeto de Lei 185/2017 foi aprovado pelos deputados na Assembleia Legislativa, no dia 11 de dezembro do ano passado. “A nossa ideia é que o Poder Executivo incentive a viabilização e o desenvolvimento de programas que visem ao controle reprodutivo de cães e gatos e a promoção de medidas protetivas, por meio de identificação, registro, esterilização cirúrgica e adoção e de campanhas educacionais para a conscientização pública da relevância destas ações”, disse Augusto.

 

Laranjeiras I

A secretária municipal de Cultura de Laranjeiras, Maria Gardênia Hagenbeck, se reuniu com os representantes do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), quando solicitou que recursos sejam viabilizados para a restauração da Igreja da Conceição, mais conhecida como “Igreja do Galo”.

 

Laranjeiras II

Participaram da reunião em Laranjeiras o superintendente Edílio José Soares Lima; a arquiteta Lauzanne Leão Ferreira; a chefe da divisão técnica, Cynara Ramos Silva; e o Diretor do PAC Cidades Históricas, Róbson Antônio de Almeida; além do pároco da Igreja, Padre Renato.

 

Ofício

Durante a 43ª edição do Encontro Cultural de Laranjeiras, a secretária Gardênia Hagenbeck, aproveitou as presenças do líder do Congresso Nacional, deputado André Moura (PSC), e do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, para entregar um ofício solicitando recursos para a restauração do patrimônio histórico do município.

 

Gardênia Hagenbeck I

“Nós aproveitamos as presenças do líder do Congresso Nacional, deputado André Moura (PSC), e do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, que vieram prestigiar nosso Encontro Cultural para requeremos junto ao IPHAN esses investimentos necessários para a recuperação do nosso patrimônio histórico. Há uma sinalização positiva e este é mais um presente que a nossa administração quer dar ao povo de Laranjeiras”, destacou Maria Gardênia.

 

Gardênia Hagenbeck II

Atendendo a orientação do prefeito Paulo Hagenbeck (DEM), o “Paulão das Varzinhas”, e da vice-prefeita Suely Alves (DEM), a “Suely da Escolinha”, a secretária Maria Gardênia não tem medido esforços para viabilizar recursos que garantam a restauração de todo o patrimônio histórico de Laranjeiras. “Já viabilizamos a recuperação do Centro de Tradições Culturais e vamos buscar ainda mais recursos”.

 

Por Amor ao Iate

O Comodoro do Iate Clube de Aracaju, Eugênio Sobral, informa a este colunista que no próximo dia 28 vem aí o Bloco ICAJU 2018, que inicia com a concentração às 13h, na sede do clube, ao som da cantora Karla Isabella. A partir das 16 horas a Banda Água de Cheiro, comandada por Lito Nascimento e passeia pelas ruas do bairro 13 de Julho, com o trio Ospal.

 

Galo do Augusto Franco I

Já no dia 3 de fevereiro vem aí o Bloco Galo do Augusto Franco com muito frevo, bonecos gigantes, muito axé e a irreverência do desfile do Galo e sua rainha. A organização é da Casa Cultural Careca e Camaradas, coordenada pelo psicólogo Carlos Max Prejuízo. Esta será a 9ª edição do evento que faz parte do calendário do Conjunto Augusto Franco.

 

Galo do Augusto Franco II

A matinê será ao som de Cissy Freitas e Banda, que segue em cortejo pelas ruas do conjunto com o Galo e a rainha, além dos bonecos gigantes e bandinhas de frevo. No final, se apresentam as bandas Art Mania e Patusco de Recife. Para participar basta doar um quilo de alimento não perecível para acesso.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 




Tópicos Recentes