SERGIPE

01/12/2017 as 14:32

Ana Alves é presa acusada de tentar induzir declarações e depoimentos de investigados pelo MP

Os Promotores de Justiça e a equipe da DEOTAP, Delegadas e Policiais, também cumpriram, manhã de hoje, mandado judicial de busca e apreensão na sede do Diretório Regional do Partido Democratas (DEM).

<?php echo $paginatitulo ?>

Ana Alves, filha do ex-Prefeito João Alves Filho e da senadora da República Maria do Carmo Alves, e Presidente do DEM em Sergipe, foi presa no início da tarde desta sexta-feira(01) em cumprimento de ordem judicial, na sede do Ministério Público Estadual, pelos Promotores de Justiça do GAECCO e equipe policial da DEOTAP. 

De acordo com informações do Ministério Público Estadual, Ana Alves tinha depoimento marcado na sede do MPE nesta manhã e ao chegar para oferecer esclarecimentos no processo que está sendo investigada, equipes de policias deram ordem de prisão.

Após prestar  depoimento, Ana foi conduzida para o Instituto Médico Legal - IML-, para realização de exame de corpo de delito e em seguida, conduzida para o presídio feminino.

Segundo o Gaeco, há informações e indícios de que ela praticou atos graves na tentativa de induzir declarações e depoimentos de investigados e testemunhas no curso das investigações do Ministério Público, o que motivou sua prisão preventiva. A presidente do DEM é investigada por participação em peculato, formação de organização criminosa e obstrução de investigação, crimes previstos na Lei 12.850/2015. A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) confirmou que prestou apoio logístico para a realização da prisão. Já a Secretaria de Justiça confirmou que ela foi encaminhada ao presídio ferminino em Nossa do Socorro (SE).




Tópicos Recentes